Em 25 de março de 1960, Dom José Newton Almeida Baptista aprovou a criação do Santuário da Adoração Perpétua, com sede na Paróquia do Santíssimo Sacramento, cuja capela matriz, na quadra 402 sul, foi inaugurada nessa mesma data, tendo como primeiro Pároco o Padre Roque Colombo.

Em 08 de maio de 1967, iniciou-se a construção da nova capela do Santíssimo Sacramento, na quadra 606 sul, da L2 sul, inaugurada em 29 de setembro de 1967.

Em 08 de outubro de 1972, após a missa solene celebrada pelo Bispo Dom José Newton Almeida Baptista e pelo Pároco Padre Raymundo Damasceno de Assis, foi lançada a pedra fundamental da construção da atual igreja do Santíssimo Sacramento, inaugurada no dia 05 de dezembro de 1982.

Por vários anos, foram inúmeras tentativas para a instituição da Adoração Perpétua. Em março de 1994, iniciou-se em uma pequena sala (capela) do Santuário Dom Bosco, a Adoração Eucarística Permanente, ficando até o ano de 1999.

Quando do encerramento do Ano Jubilar, em 5 de janeiro de 2001, foi decretado, por Dom José Freire Falcão, em missa solene na Catedral, que a capela do Santuário Dom Bosco sediaria, provisoriamente a Adoração Perpétua em Brasília que funcionou 24 horas até janeiro de 2003, quando houve a interrupção da adoração noturna.

Motivado pelo Ano da Eucaristia, instituído pelo Papa João Paulo II no ano de 2004, e também pelos fortes apelos da comunidade eclesial, em 2005, Dom João Braz de Aviz, Arcebispo de Brasília, restabeleceu a Adoração Perpétua, no dia 23 de outubro, na Paróquia do Santíssimo Sacramento, encerrando o Ano da Eucaristia. Nessa data, às 10h, o referido Arcebispo de Brasília celebrou a missa de abertura, com a participação de membros de toda a Igreja Arquidiocesana, com a acolhida entusiasmada do pároco padre Adriano Scarparo e dos fiéis da Paróquia do Santíssimo Sacramento.

Em 15 de julho de 2006, na solenidade de Corpus Christi e na presença dos fiéis da Paróquia Santíssimo Sacramento e adoradores, o Arcebispo Dom João Braz de Aviz assinou o decreto, protocolo nº. 11/2006, elegendo a Igreja Paróquia do Santíssimo Sacramento como SANTUÁRIO ARQUIDIOCESANO DA ADORAÇÃO PERPÉTUA A JESUS CRISTO NO SANTÍSSIMO SACRAMENTO DA EUCARISTIA. Na ocasião, foi conferida ao padre Adriano Scarparo, pároco da paróquia, a autoridade de reitor do Santuário.

São cerca de 360 grupos adoradores eucarísticos escalados para permanecerem, por duas horas, em adoração, representando as pastorais, movimentos, associações, organismos, grupos e serviços eclesiais, além de sacerdotes e religiosos.

O Santuário é chamado a ser um centro de renovação espiritual, de conversão, de oração e de busca da construção da santidade dos fiéis da Arquidiocese de Brasília. Para isso, foi construída, ao lado do Santuário, uma capela para acolher os adoradores.

One thought on “O Santuário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Que bom ter você conosco! Acompanhe nosso Santuário em nossas Redes Sociais!Clique aqui
+